Monteriggioni e San Gimignano

Em viagens longas é quase impossível não encarar um dos piores inimigos dos viajantes: a chuva! Foi este o dia que o S. Pedro resolveu nos mandar uma boa água. Já pela previsão sabíamos que a probabilidade de chuva para este dia era grande assim tivemos que “sacrificar” estes destinos um pouco, dado que preferiamos ter um dia ensolarado em Montepulciano e o Val D’Orcia e no próximo dia teríamos que partir para a Úmbria. Mesmo assim foi um dia fenomenal!

Monteriggioni:

Menos de 20Km separam Siena de Monteriggioni, que e’ uma bela cidade medieval murada que fica em cima de uma colina. A cidade que foi citada por Dante Alighieri na Divina Comedia tem um muro quase circular com cerca de 570m, ou seja, é uma vila pequena que para ser visitada não é necessário muito tempo, consideramos que 1 hora é mais que suficiente (a não ser que a idéia seja ter uma refeição por lá).

 

San Gimignano:

Um dos destaques da Toscana San Gimignano dispensa apresentações. Chamada por muitos de “Manhattan Medieval” por conta das torres que as famílias nobres ergueram para ostentar suas riquezas, no ápice a cidade contou com 72 torres, porém devido principalmente a batalhas naquele tempo, hoje somente 14 sobreviveram. O centro da cidade é Patrimônio Mundial da Unesco onde pode-se ver varias maravilhas da arquitetura gótica e romanesca. Sem dúvida alguma é visita obrigatória na Toscana!

Quando chegamos a cidade estava coberta por neblina e a visibilidade das torres estava bem limitada. Deixamos o carro em um estacionamento (bem grande) próximo ao portão principal (o da Via San Giovanni) da cidade e começamos a explorá-la.

Resolvemos por conta da neblina fazer algumas das atividades interiores, entre elas o San Gimignano 1300, onde há uma maquete na proporção 100:1 da cidade na era medieval. A entrada era franca.

Fomos andar um pouco mais no centro da cidade, quando vimos que um simpático senhor tinha em seus braços uma cesta com lindos cogumelos porcini. Notamos que ele estava muito orgulhoso e mostrando para os outros locais, e, claro que não resistimos e fomos perguntar o motivo de tanto orgulho. Ele nos disse que o sobrinho dele encontrou os cogumelos no dia anterior em uma propriedade da família! Claro que tiramos foto com ele!

Aproveitamos que não estava chovendo para andar até o centro e provar o “melhor sorvete do mundo”. Problema é que há duas lojas que reivindicam este título:

 Provamos o gelato no Sergio Dondoli que realmente é delicioso. Mas fica a critério de cada um decidir qual das duas que realmente oferece o melhor. 😀

E fomos andando, enquanto o tempo permitiu:

 Mas então o tempo apertou e começou a chover bastante, foi quando decidimos ir para a Collegiata para vermos os incríveis afrescos, e no e o Museo d’Arte Sacra.

Saindo do Museo d’Arte Sacra o tempo melhorou um pouco, e resolvemos ir até o Palazzo Comunale, onde está o Museo Civico para aproveitar esta janela de oportunidade para visitá-lo, mas somente depois de subir na Torre Grossa que hoje é a maior da cidade e proporciona lindas vistas.

A cidade e’ tambem muito conhecida por produzir a Vernaccia di San Gimignano, um  dos mais finos vinhos brancos da italia produzido da uva de mesmo nome. Para almoçar eu procurei o Cum Quibus que segundo o Tripadvisor é o melhor da cidade, porém ficamos com fome no momento da chuva e não conseguimos achá-lo, assim resolvemos comer no Peruca’. Gostamos da comida, preços, ambiente, e lá provei a Vernaccia; porém não foi uma refeição que lembrarei daqui 10 anos.

Sa saída de San Gimignano, procurei um lugar onde possivelmente teria uma vista das torres (mesmo que com um céu cinza) pois queria ter uma foto do “skyline” de San Gimignano:

San Gimignano

Depois da foto foi o momento de pegarmos as lindas estradas (cerca de 51Km) e depois de 1 hora estarmos em Siena para nos prepararmos para a Úmbria!

San Gimignano

No total, dirigimos cerca de 105Km por cerca de 2:30 de estrada. Até pensei em incluir Volterra e Colle di Val d’Elsa (queria muito ir no aclamadíssimo 2 estrelas Michelin Arnolfo), como proposto aqui. Porém, a chuva e neblina fizeram com que a viagem ficasse um pouco mais perigosa e cansativa, e, já estávamos contentes de ter visitado estas duas jóias da Toscana. O que faltou vai ficar para uma próxima.

Nossa aventura pela Toscana e Úmbria:

1) OrvietoBagnoregioPitigliano e região. Aqui

2) SienaAqui

3) Montepulciano, e o Val D’OrciaAqui

4) San Gimignano e MonteriggioniAqui

5) Assis e SpelloAqui

6) TodiTorgianoBevagna e MontefalcoAqui

7) GubbioAqui

8) MonterchiAnghiariSansepolcroCittà di Castello e MontoneAqui

9) FontignanoTavernellePanicalePaciano – a rota de PeruginoAqui

10) PerugiaAqui

Anúncios

5 respostas em “Monteriggioni e San Gimignano

  1. Eu também fui a Siena (meu marido morou lá 6 meses antes de nos casarmos), Monteriggioni, San Geminiano e Montepulciano, Adorei as cidades! E entre Florença e Siena, qual das duas você prefere? Eu prefiro Siena.. =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s