Gubbio

Depois de um dia em que passamos por 4 pequenas cidades, decidimos focar em uma das mais preciosas jóias da Úmbria: Gubbio. A viagem de Perúgia levou pouco mais de 1 hora por uma estrada sinuosa, porém belíssima.

Desta vez pudemos parar pela estrada quando encontrávamos algo bonito e/ou interessante no caminho pois estávamos em 2 casais em somente 1 carro.

Localizado nos pés do Monte Ingino nos apeninos, Gubbio foi fundada pelos umbros. A belíssima cidade medieval tem trechos extremamente inclinados, assim deixamos nosso carro estacionado perto da Piazza Quaranta Martiri e de lá seguimos para o alto!

Seguimos para o Palazzo dei Consoli onde esta o Museo Civico. Visitamos o museo e aproveitamos para ver a Tábuas Iguvines que contem inscrições no alfabeto úmbrio e contém evidencias importantes da vida na região antes da chegada dos romanos. Da praça em frente ao Pallazo há lindas vistas da parte baixa da cidade.

Aproveitamos um dos cantos do Palazzo para descansar um pouco apreciar a vista do jardim do Palazzo Ranghiasci Brancaleoni e aproveitamos para descansar e  Aproveitamos para tomar um gelato :).

Subimos então até o gótico e bem sóbrio Duomo e ao Pallazo Ducale que estão localizados na parte mais alta da cidade. Depois de explorar estas duas atrações, descemos para a parte plana da cidade.

Estávamos com fome depois de tanta subida e descida de ladeira resolvemos parar e comer rapidamente uns pedaços de pizza. De lá seguimos para o Largo del Bargello onde está a Fontana dei Matti (Fonte dos Loucos) onde diz a lenda que para alguém ser considerado um louco deveria correr 3 voltas na fonte se banhando em suas águas. Seguimos depois para ver a Igreja de San Domenico e logo depois avistamos ciclistas (apesar de eu gostar mais de estradas fiquei com vontade de fazer um mtb naquelas montanhas).

Os meus 3 companheiros estava um pouco cansados e ficaram descansando enquanto eu segui para ver o Palazzo Ranghiasci Brancaleoni e seus jardins rapidamente. Como estávamos no outono haviam várias folhas no chão.

Acredito que Gubbio é a cidade com maior concentração de Fiats antigos do mundo! Queria fotografar todos :D.

Próxima parada foram as ruínas romanas. Lá está o Teatro Romano do primeiro século e acomodava cerca de 6000 pessoas e um museu com lindos mosaicos.

Pegamos nosso carro e subimos o Monte Igindo por uma bela estrada que ia até a Basílica de Sant’Ubaldo. Mas antes de sair tivemos uma vista da Basílica de de Gubbio desde o teatro Romano.

Gubbio e a basilica de Santo Ubaldo

Pode-se também subir pelo funicular desde a igreja de Sant’Agostino, mas é somente para os que diferentemente de mim não tem acrofobia.

 Depois de uma passada rápida na Basilica de Sant’Ubaldo – onde havia algumas velas enormes da Festa dei Ceri (video aqui) – encerramos nossa visita à Gubbio vendo o por-do-sol de cima do Monte Ingino.

Para uma visão mais profissional de Assisi, Spello, Todi, Bevagna, Montefalco e Gubbio, o blog do nosso amigo Massimo Failutti – nativo do Friuli – tem um post com fotos espetaculares – o trabalho dele é fenomenal!

Nossa aventura pela Toscana e Úmbria:

1) OrvietoBagnoregioPitigliano e região. Aqui

2) SienaAqui

3) Montepulciano, e o Val D’OrciaAqui

4) San Gimignano e MonteriggioniAqui

5) Assis e SpelloAqui

6) TodiTorgianoBevagna e MontefalcoAqui

7) GubbioAqui

8) MonterchiAnghiariSansepolcroCittà di Castello e MontoneAqui

9) FontignanoTavernellePanicalePaciano – a rota de PeruginoAqui

10) PerugiaAqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s