Turquia – Capadócia – Kaymaklı, Derinkuyu e Vales Soğanlı

1 – Planejamento

2 – İstanbul 1/2

3 – İstanbul 2/2

4 – Capadócia – Kaymaklı, Derinkuyu e Vales Soğanlı

5 – Capadócia – Passeio de balão, Vale dos Monges, Zelve, Vale da Imaginação e Göreme

6 – Capadócia – Castelo Uçhisar, Vale dos Pombos, Çavuşin, Mustafapaşa

7 – Egeu 1/2

8 – Egeu 2/2

9 – Conclusões

IST-ASR

Chegamos na noite anterior pelo aeroporto de Kayseri e após pegar o carro que havíamos reservado fomos para Göreme onde ficaríamos por 3 noites no Aydınlı Cave House, um excelente Bed & Breakfast no centro da cidade com preços muito bons. Ainda no aeroporto ouvimos duas brasileiras pensando em como iriam para Gorëme e oferecemos carona à elas que aceitaram ajudando a tornar a viagem noturna bem mais agradável dado que esta é uma região para se aproveitar durante o dia com suas magníficas paisagens.

Como a previsão era de um dia nublado para a manhã e com possibilidade de melhorar pela tarde, antes de dormir – bastante ansiosos por estarmos na tão sonhada Capadócia – planejamos de visitar as cidades subterrâneas Kaymaklı e Derinkuyu pela manhã e à tarde os Vales Soğanlı.

Kaymaklı

Acordamos cedo e após o café da manhã fomos direto para Kaymaklı – pronuncia-se Kaymaklâ – tentando chegar antes das centenas de ônibus com excursões que visitam diariamente o local. No caminho vimos pela primeira vez o Monte Argeu (Erciyes Dağı) o vulcão extinto que é dos grandes responsáveis pelas incríveis paisagens da região e que  com quase 4 mil metros domina a Capadócia.

Monte Argeu

A espetacular cidade subterrânea foi escavada por populações paleocristãs para se protegerem de invasores persas e árabes. Segundo o Lonely Planet, 37 cidades subterrâneas foram já “abertas” e há mais de 100 que não foram exploradas por historiadores, pois as populações que lá viveram quando retornaram à superfície levaram consigo suas posses e as últimas escavações realizadas pouco mais revelaram. Estima-se que cerca de 3mil pessoas viveram em Kaymaklı.

KaymaklıKaymaklıKaymaklıKaymaklıKaymaklı

Kaymaklı tem túneis estreitos e mutias vezes bastante inclinados, estávamos com pequenas mochilas que algumas vezes precisavam ser retiradas para não entalarmos. Felizmente como chegamos cedo (cerca de 8:15am) não haviam muitas pessoas enquanto estávamos descendo os 4 níveis que estão abertos ao público – a cidade tem 8 níveis subterrâneos.

KaymaklıKaymaklıKaymaklıKaymaklı

Resolvemos fazer esta visita de forma independente e sem guias – há muitos na entrada que chegam a ser inconvenientes – porém para quem quer entender mais as nuances do lugar é recomendável fazer uma visita guiada.

KaymaklıKaymaklı

Nos sentimos como povos do século 6 e 7 por quase por pouco mais de 1 hora, até submergirmos onde está o bazar do local com bugigangas para os turistas – a entrada e saída é pelo mesmo local.

Bazar Kaymakli

Para conseguirmos almoçar um pouco mais tarde e por ter ficado bastante contente com a genialidade dos turcos, compramos umas batatas fritas em espiral. 😀

batata em Kaymaklibatata em Kaymakli

Derinkuyu

Derinkuyu está somente 10km ao sul de Kaymaklı, porém surpreendentemente não recebe tantos visitantes quanto a sua vizinha. Quando chegamos por volta das 11 horas, não haviam guias na entrada e ao entrarmos um guarda nos disse que a iluminação interna (que já limitada) não estava funcionando abaixo do primeiro nível, Derinkuyu tem 8 níveis subterrâneos!!! O guarda ofereceu-se para ser nosso guia…

Tentamos descer, mas sem uma lanterna não via-se nada, mesmo ligando a luz do celular seria impossível continuar a visita. Voltamos e após rápida negociação com o guarda, seguimos para nossa visita escoltada guiada.

DerinkuyuDerinkuyuDerinkuyuDerinkuyu

O guarda/guia mostrou-se bastante útil e nos mostrou vários detalhes do local, inclusive explicando sobre a igreja do local, alguns detalhes como os locais onde eram guardados vinhos e suplementos, os estábulos – isso mesmo, eles levavam inclusive os animais – e outras informações que poderiam passar despercebidas.

Derinkuyu

Derinkuyu tem corredores e salas mais amplas que Kaymaklı o que torna a visita ligeiramente mais agradável, porém por ser muito mais escura torna fotografar o local bastante mais difícil (eu estava sem lanterna e sem tripé).

Quando me perguntam qual das duas visitar eu respondo: ambas, são incríveis e diferentes, talvez complementares. Separe uma manhã para estas cidades subterrâneas que não haverá arrependimento.

Vales Soğanlı

Derinkuyu para SoğanlıDerinkuyu para Soğanlı

Os Vales Soğanlı – pronuncia-se Sooanlâ – está há 34km leste de Derinkuyu. As estradas são razoáveis e a paisagem é linda. Almoçamos em um restaurante logo antes da entrada dos vales onde comemos uma deliciosa comida turca por preços camaradas.

Soğanlı

Nos dois vales – Aşağı Soğanlı e Yukarı Soğanlı – há uma série impressionante de igrejas bizantinas esculpidas nas rochas. A primeira que visitamos foi a Karabaş Kilise (Igreja da Cabeça Negra) com pinturas em seu interior que mostra a vida de Jesus e vários santos.

Karabas KiliseKarabas KiliseKarabas KiliseKarabas KiliseKarabas Kilise

Seguimos então para a Yılanlı Kilise (Igreja de São Jorge ou Igreja da Serpente):

Yılanlı KiliseYılanlı KiliseYılanlı Kilisev

E depois para a Kubbeli Kilisesi (Igreja com domo) e a Saklı Kilisesi (Igreja escondida). Ambas formam um complexo com dois níveis:

Kubbeli KiliseKubbeli KiliseKubbeli Kilise Kubbeli Kilise

No outro vale, exploramos a Geyikli Kilise (Igreja do cervo) e a Tahtalı Kilise (Church of Santa Barbara), porém como o tempo estava ficando curto, tivemos que fazer de forma um pouco mais rápida:

Tahtalı KiliseTahtalı Kilise Tahtalı Kilise

Antes de sairmos ainda nos deparamos com uma senhora turca que vendia algumas bonecas e dedais de pano lindos e que depois de comprarmos alguns deles nos ofereceu o chá turco com alguns biscoitos.

Saímos encantados do vale, por suas espetaculares igrejas bizantinas, pelo aspecto lunar do vale, pela tranquilidade e pouca densidade turística e também pela receptividade das poucas pessoas que encontramos por lá.

Soğanlı

Este é um circuito que tem somente 125Km, porém é preciso um dia inteiro para fazê-lo pois há muito o que ver e bastantes caminhadas. Mustafapaşa era a cidade que queriamos incluir também neste roteiro mas ficaria demasiado corrido, assim deixamos para outro dia. Recomendadíssimo o roteiro, principalmente por ser um dos roteiros na Capadócia que por enquanto tem pouca “densidade turística”.

Anúncios

4 respostas em “Turquia – Capadócia – Kaymaklı, Derinkuyu e Vales Soğanlı

  1. Putz, seu blog é fantástico. Muito detalhista e com excelentes dicas. Estou planejando ir à Turquia ano que vem e suas dicas serão muito úteis. Parabéns! Estou ansioso pela continuação com os próximos posts. Abs. Ricardo

    • Obrigado Ricardo. Vou tentar colocar os outros posts o quando puder, mas tenho andado sem tempo, se tiver alguma pergunta específica pode fazer em qualquer post da Turquia que se puder terei muito gosto em ajudá-lo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s